sexta-feira, 18 de dezembro de 2009


Ela dançava à beira do precipício. Era consciente do perigo, mas parecia que aquilo lhe despertava para si. Sentia quente a respiração. O coração batendo vivo. Louco. A dose necessária de vida à vida.

Branna Lorenna

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua semente. É ela que enche de flores este lugar!
Obrigada pela visita! ^^
Seja sempre bem vindo ao Jardim.