domingo, 6 de junho de 2010

Para um anjo distante...

Quero mesmo é te prender num abraço eterno, que é pra ver se esta saudade infinita cria jeito e acaba logo. E no vão do teu sorriso eu vou laçar mil estrelas, colá-las uma a uma e fazer um colar pro teu coração, pra você sempre se lembrar de mim. De mim e deste coração daqui, que insiste em dizer que sente tanto tua falta. E minha vontade é trocar a foto do retrato pelo teu sorriso largo e deixá-lo lá, na estante, pra eu ter um dia melhor. Mas enquanto a distância trata de nos punir, vou eu de cá me orientando, só porque você vai daí, iluminando meu caminho com sua risada furta-cor.
E te trago na alma, como um amuleto, porque é assim que o amor é.

Branna Lorenna

2 comentários:

Deixe aqui sua semente. É ela que enche de flores este lugar!
Obrigada pela visita! ^^
Seja sempre bem vindo ao Jardim.