domingo, 12 de dezembro de 2010

Cata as tristezas esparramadas no tapete da sala e as devolve ao céu, em forma de estrelas. Ela pisca e vê uma estrela. Ela pisca e vê um vaso de flores. Cada piscada é uma flagrada de um universo bonito. Porque ela sabe é por beleza nas coisas.


Cris Carvalho

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua semente. É ela que enche de flores este lugar!
Obrigada pela visita! ^^
Seja sempre bem vindo ao Jardim.