sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

num mantra que me envolve
como a manta que lhe cobre
dos teus pecados mais ardis
abro-me feito flor, feito rosa
que da mais pura forma
de longe lhe parece sorrir
no coração então lhe trago
os versos mais puros que já fiz
e me acendo como incenso
para que chegue leve até ti
então possa tocar sua pele
e ouvir o que sua boca me diz


dela, a Paixão

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua semente. É ela que enche de flores este lugar!
Obrigada pela visita! ^^
Seja sempre bem vindo ao Jardim.