domingo, 26 de junho de 2011

Soneto ao som de Gardel

Como em um tango argentino
você me desvenda
Eu me deixo ser descoberta (e ainda finjo espanto)
Procura, pois é só assim para encontrar

Deixo que você encoste mais
apesar da minha (suposta) resistência
Somos caras metades
Somos de corpo inteiro

Um deslize e o movimento
acontece errado, você me segura
e me traz pra perto, como desculpa

Resistência, charme
E me puxa ainda mais
Nem precisa, eu vou


Noemyr Gonçalves


E, pra completar, Por Una Cabeza, de Gardel, em uma das cenas mais lindas do Al Pacino.



Um comentário:

  1. Branninha!!!
    Obrigada por postar aqui, que bom que gostou!@
    Adoro essa música, adoro esse filme *-*
    Beijocas =*

    ResponderExcluir

Deixe aqui sua semente. É ela que enche de flores este lugar!
Obrigada pela visita! ^^
Seja sempre bem vindo ao Jardim.