quarta-feira, 31 de agosto de 2011

Ouvir Estrelas


"Ora (direis) ouvir estrelas! Certo
Perdeste o senso!" E eu vos direi, no entanto,
Que, para ouvi-las muita vez desperto
E abro as janelas, pálido de espanto...

E conversamos toda noite, enquanto
A Via Láctea, como um pálio aberto,
Cintila. E, ao vir o sol, saudoso e em pranto,
Inda as procuro pelo céu deserto.

Direis agora: "Tresloucado amigo!
Que conversas com elas? Que sentido
Tem o que dizes, quando não estão contigo?"

E eu vos direi: "Amai para entendê-las!
Pois só quem ama pode ter ouvido
Capaz de ouvir e de entender estrelas
".


Olavo Bilac

**
Muita gente me incentivou e a ideia de ter um cantinho cheio de sementes de poesia me encantava muito. Daí, um dia me vi aqui, plantando um Jardim. Mas acontece que a gente sempre se inspira em alguém, neh!? Pois eu me inspiro na Noemyr, do Costurando Estrelas. Quando pisei naquele céu estrelado, já me senti iluminada. O cuidado e carinho que ela dedicava ao blog me surpeenderam desde o começo. Por isto o post de hoje vai pra Mih, a eterna costureira de estrelas.

PS: Confesso, não tenho a disciplina da Mih pra postar sempre (e digo sempre pra mim mesma que vou dar um jeito nisto).

Um comentário:

  1. Liiindo!!!! Obrigada, Branninha :)
    Vc é uma flor que eu adoro.

    Beijos =*

    ResponderExcluir

Deixe aqui sua semente. É ela que enche de flores este lugar!
Obrigada pela visita! ^^
Seja sempre bem vindo ao Jardim.