segunda-feira, 28 de novembro de 2011

"Eu tinha visto na sua solidão uma excelente amiga para a minha solidão. Achei que elas pudessem sofrer juntas, enquanto a gente se divertia."

Tati Bernadi

95                          109 

Tira                       Tira
do rosto                 da máscara
a máscara:             o rosto
fica                        fica
a máscara              o rosto
do rosto.                da máscara.



Fernando Paixão

segunda-feira, 21 de novembro de 2011

Além Alma
                                                                                                                                  (uma grama depois)


Meu coração lá longe
faz sinal que quer voltar
Já no peito trago em bronze
NÃO HÁ VAGA NEM LUGAR
Pra que me serve esse negócio
que não cessa de bater?
Mais parece um relógio
que acabar de enlouquecer
Pra que é que eu quero quem chora,
se estou tão bem assim,
e o vazio que vai lá lá fora
cai macio dentro de mim?


Leminski


"Porque tu sabes que é de poesia minha vida secreta"

Hilda Hilst

sobre estrelas e Leminski...

                                                               
                                                            a estrela cadente
                                                                  me caiu ainda quente
                                                                          na palma da mão 



lá fora e no alto
o céu fazia
todas as estrelas que podia


a noite
me pinga uma estrela no olho
e passa


         Você para
         a fim de ver
         o que te espera
         só uma nuvem
         te separa das estrelas.




Paulo Leminski

sexta-feira, 11 de novembro de 2011

Nem te conto que hoje
Meu coração vagabundo
Quis atirar da janela
Tuas roupas.
Quis sair dessa cela
Navegar por outros mares
Se jogar no mar
num poço
Ou abismo
Tanto faz.

Quis beber veneno
Sonhar pequeno
E não acordar mais.

Meu amor hoje
Quis encontrar outro porto
Fingir de morto
Em outro cais.

Quis ser transparente
Passar por ti indiferente
Pensar que a dor o satisfaz.

Agora meu amor
Bebe um café ali na esquina
Senta em qualquer praça
Quer fazer rima.
Tenta fugir de você
Vendo a vida passar.
E enquanto ele passa
Você nem vê.


Branna Lorenna
"A alegria é a prova dos nove"

Oswald de Andrade

terça-feira, 1 de novembro de 2011

Cena do filme brasileiro O Palhaço

‎"Quando nada acontece há um grande milagre acontecendo que não estamos vendo."


João Guimarães Rosa